Nas notícias mais recentes, o comércio exterior tem figurado entre os top trends das manchetes globais. Muitas das discussões tentam destrinchar as ameaças de guerra comercial, tanto nas tarifas, quanto no desenvolvimento das atividades do comércio global.

Apesar de relevantes, essas discussões, ainda assim, não superam os novos astros do comércio internacional: a maneira como as novas tecnologias emergentes da Revolução 4.0 estão transformando o futuro do comércio exterior, resultando em uma série de vantagens, como por exemplo, a inclusão e a eficiência.

A disrupção tecnológica não é uma novidade para o sistema do comércio internacional. A primeira tecnologia foi a descoberta da energia a vapor, que conectou o mundo de forma ainda nunca vista. Em seguida, a invenção dos contêineres, que solidificaram as bases para a globalização. Outras tecnologias, dessa vez mais recentes, como o Reconhecimento Ótico de Caracteres (OCR) para ler números de contentores, Identificação por Radiofrequência (RFID) e códigos de QR Code que identificam e rastreiam embarques e permitem a digitalização básica de documentos comerciais, aumentando a confiabilidade e a eficiência do comércio internacional.

Contudo, as grandes quantidades de acordos comerciais escritos antes do comércio digital, transações que vão acompanhadas de grande quantidade de papel e o comércio de financiamento que ainda é dependente de métodos bancários tradicionais continuam como empecilhos e o sistema de comércio global ainda não foi capaz de extrair o máximo proveito da tecnologia de ponta que poderia tornar todos os processos mais eficientes e inclusivos e, da mesma forma, menos oneroso.

O ponto destacável é que, mais do que nunca, podemos estar prestes a mudar esses conceitos. Diversas tecnologias que estão em diferentes partes de ciclo de vida, quando combinadas, podem alterar de forma significativa como os recursos são alocados e a forma como o comércio exterior opera atualmente.

Selecionamos 4 tecnologias que estão transformando a forma como o comércio exterior é realizado:

  1. BLOCKCHAIN

A cadeia de armazenamento seguro de dados, o blockchain, já está gerando impacto na cadeia de fornecimento global. Além de tratar de questões referentes ao comércio global, como os altos custos, a falta de transparência e de segurança, o blockchain ainda promove agilidade nas transações internacionais.

Com uma movimentação de mercadorias mais eficiente e confiável, as soluções baseadas em blockchain também está intervindo no âmbito financeiro do comércio exterior. Um exemplo disso é a Carta de Crédito – do inglês, Letter of Credit, um mecanismo de pagamento utilizado no comércio internacional.

Algumas empresas já conseguiram reduzir o tempo de emissão de Carta de Crédito: no trâmite atual leva em torno de 20 a 30 dias, enquanto com o blockchain, em apenas algumas horas foi emitido.

Isso porque permite redução de agentes intermediários, o que resulta em redução de custos para todos os parceiros da cadeia de suprimentos.

 

  1. INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

A Inteligência Artificial (AI) e o aprendizado de máquina pode ser utilizado para otimizar rotas comerciais marítimas, aéreas e terrestres, gerenciar navios e tráfegos de caminhões no porto, traduzir consultas de pesquisa de e-commerce de um idioma e responder com a tradução do inventário.

Mais do que ganho de eficiência e prestação de melhores serviços ao consumidor, a inteligência artificial  também será utilizada para a sustentabilidade do comércio global. Por exemplo, já existem empresas que realizam o monitoramento em tempo real, combinado com a ferramenta de aprendizado de máquina para combater a pesca ilegal, fornecendo uma visão global de atividades de pesca comercial baseados em movimentos de navios e dados de satélite.

Essa tecnologia ainda pode ser utilizada por governos e outras organizações para identificar comportamentos suspeitos e desenvolver políticas sustentáveis.

 

  1. SERVIÇOS DE NEGOCIAÇÃO EM PLATAFORMAS DIGITAIS

O comércio de serviços online já pode contar com plataformas que permitem aos usuários encontrar prestadores de serviços.

Essas plataformas digitais conectam perfeitamente a oferta e a demanda, uma vez que promove o encontro de clientes e provedores de soluções. O que, até então, era inviável pelo fato de que esses serviços eram entregues, principalmente, de forma pessoal.

 

  1. IMPRESSÃO ADITIVA

A impressão tridimensional, também conhecida como impressão aditiva, já tem estremecido algumas das indústrias, principalmente de reposição de peças. Existem previsões de que essa tecnologia se tornará cada vez mais viável, financeiramente falando, e ainda mais veloz.

A possibilidade de fabricação de praticamente qualquer artefato dentro, até mesmo de uma residência, tem aberto novas possibilidades para o comércio internacional e local.

O impacto da impressão tridimensional no comércio global é real, especialmente à medida que métodos mais rápidos e econômicos de impressão em 3D se tornam disponíveis.

_________

Se apenas uma dessas tecnologias já consegue gerar impacto significativo na cadeia de suprimentos global, as possibilidades são exponenciais quando o assunto é a convergência de diversas dessas tecnologias. Este fenômeno tem sido nomeado como Revolução 4.0 pelos especialistas.

Existem alguns fatores que ainda influenciam a consolidação dessas tecnologias no mercado, como estrutura de governança, legislação adequada e compatibilidade de licenciamentos e tributações, atualização de acordos comerciais, por exemplo.

As partes interessadas, tanto públicas como privadas, devem trabalhar em conjunto para estabelecer estrutura e promover ambiente favorável para que essas tecnologias demonstrem todo seu potencial positivo., enquanto mitigam alguns possíveis danos.

Uma abordagem de governança ágil com múltiplas partes interessadas e centradas no ser humano, que permita espaço para experimentação e obtenção de conhecimento em conjunto é o ideal.

As inovações tecnológicas têm a oferecer um futuro estimulante para o comércio internacional entre as incertezas atuais, tendo a abordagem correta, essas inovações darão início a um crescimento comercial mais inclusivo e eficiente nos próximos anos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here