Incentivadores de Blockchain alegram-se: Um grande banco está usando a tecnologia de distribuições de transação que torna o bitcoin possível para pagamentos internacionais de moeda fiduciária. O Santander, que vinha testando internamente seu quadro de funcionários, lançou o serviço hoje, tornando o gigante banco espanhol entre as poucas instituições financeiras importantes a entrar em operação com a tecnologia extraordinariamente vendida.

O serviço deve ser mais barato e mais rápido do que os sistemas existentes, e fornecerá mais certeza sobre quando o dinheiro chegará, de acordo com um comunicado. No momento, ele está disponível para clientes de varejo na Espanha, no Reino Unido, no Brasil e na Polônia e será lançado em outros países nos próximos meses. Transferências para a Europa podem ser feitas no mesmo dia e o banco está visando pagamentos instantâneos até o verão, de acordo com Ana Botín, presidente executiva do Santander. O serviço usa a tecnologia de distribuição de transação da Ripple, que fica na Califórnia, embora não use o criptograma XRP que a Ripple também promove.

No Reino Unido, os clientes do Santander podem baixar o aplicativo para enviar entre £ 10 e £ 10.000 (cerca de US $ 14 a US $ 14.200) em libras, euros ou dólares. O serviço usa identificação facial e de toque e se conecta ao Apple Pay. Seus concorrentes incluem a Transferwise, que se tornou popular ao cobrar menos pelas transferências internacionais do que os bancos, ao mesmo tempo em que chamava a atenção para as taxas exorbitantes dos credores.

O serviço, chamado Santander One Pay FX, é notável porque, enquanto o entusiasmo pelo blockchain está em alta, exemplos de produtos de sucesso ao vivo, especialmente em grandes bancos, são escassos no chão. O ceticismo sobre a tecnologia está aumentando, e os bancos vêm investindo mais em startups de software do que em empresas de blockchain, de acordo com a analista da CB Insights, Lindsay Davis.

A notícia não vai resolver o debate sobre o XRP, um token criptográfico que é apresentado como um novo meio de pagamentos interbancários. Os sistemas de distribuição de transações da Ripple podem ser usados ​​para enviar dinheiro sem usar o XRP, e a Bloomberg News e o New York Times informaram que os bancos estão desconfiados de usar o cripto-certificado para movimentar os fundos de seus clientes. O Swedish Bank SEB testou a tecnologia da Ripple, mas não usou XRP, de acordo com uma porta-voz em fevereiro. O banco mexicano Cuallix diz que testou a tecnologia da Ripple bem como a XRP, no entanto, e a encontrou mais rápida e barata.

Fonte: https://qz.com/1251001/santander-launched-a-blockchain-based-service-for-international-money-transfers/

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here